Mais do mesmo

Mais do mesmo... mesmo do que é demais! Há 13 anos... VOLTAREI A ESCREVER EM BREVE... maisdomesmo.np@gmail.com

segunda-feira, 13 de setembro de 2004

Vitória de Setúbal - 2 Sporting - 0

O Sporting começou o jogo muito mal... ou então dito de outra forma, o Vitória começou o jogo muito bem. Soube explorar muito bem o contra-ataque ou, dito de outra forma, o Sporting não conseguiu evitar o lançamento dos contra-ataques do Vitória, que foi criando várias oportunidades de golo... mas marcou? Não, não marcou!
Ou por nabice dos avançados, ou por algum mérito do Ricardo e dos defesas, o resultado chegou ao intervalo a zero.

Se nessa altura o Sporting estivesse a perder por 3 a 0... ou 3 a 1... eu diria que o resultado era justo.
Estava satisfeito com o rendimento do Sporting?
De maneira nenhuma!

Mas... a verdade é que a segunda parte começou como tinha começado a primeira: empate a zero! E tudo podia ainda acontecer... inclusive a vitória do Vitória de Setúbal, obviamente!

Por volta do minuto 50 o árbitro marcou uma grande penalidade contra o Sporting, que em 70/80/90% das vezes não é assinalado... e até dá direito a cartão amarelo para o avançado! Esta estatística é meramente indicativa de uma ideia que me ficou, depois de muitos anos a ver jogos de futebol.

É penaltie? É, não é... é, não é... acredito que no fim do campeonato ainda estejamos a debater o assunto.

O que eu sei é que, em lance idêntico, mas na área do Vitória, um empurrão ao Liedson, igual a milhares de outros, é certo, não foi assinalado... e eu confesso que fiquei sem perceber o critério do Olegário Benquerença. Liedson reclamou, viu o amarelo... o que até concordo que aconteça... mas se fosse assim em todos os jogos, o que também sabemos que nem sempre se verifica. Pelo menos em alguns resumos que vi este fim de semana... enfim...

A perder por uma bola, o Sporting não conseguiu reagir como se impunha a um candidato ao título. Vi alguns remates, a bola andou a passear ali por perto da linha de golo, a bola até chegou a bater num poste... mas faltou eficácia e mais acutilância. O Vitória é que continuava a aliviar bolas e a lançar contra-ataques perigosos.
O segundo golo apenas confirmou a vitória setubalense que já se adivinhava desde o minuto 51!

SE... SE... por acaso o lance do Liedson fosse (bem) assinalado... o Sporting ainda teria uma chance de discutir o resultado. Assim... com as abébias que os jogadores deram, com o futebol incisivo do Vitória de Setúbal, com os erros do árbitro... resta-lhes trabalhar, fazer alguns acertos na equipa... e tentar vencer já o próximo jogo.

Para terminar, gostaria de referir algo que começa já a ser "demais": em dois jogos, Paíto foi vítima de entradas muito duras, daquelas que podem mesmo arrumar um tipo. No jogo do Gil Vicente nem falta foi marcada ao Carlitos. Ontem... Manuel José (que pena em Coimbra nunca ter jogado tão bem como ontem jogou) viu o cartão amarelo, quando a cor certa era o vermelho. Assim, no próximo jogo, que nem sei com quem é, pode voltar a fazer o mesmo...
E eu pergunto-me que justiça existe nisto: amarelo ao Liedson porque reclamou... amarelo para o Manuel José que podia ter partido o pé a um adversário!

Enfim... algo vai mal. Se calhar falta no futebol um cartão azul (como existe noutras modalidades).

Queria terminar dizendo que o Vitória não tem culpa nenhuma dos erros do Benquerença nem do Sporting... e que lutou pela vitória, o que é sempre de enaltecer.

Sporting Sempre!

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home


 
AJUDE-ME, CLICANDO NOS BANNERS!... OBRIGADO! AGRADEÇO A SUA PASSAGEM POR ESTE BLOGUE! COMENTE...