Mais do mesmo

Mais do mesmo... mesmo do que é demais! Há 13 anos... VOLTAREI A ESCREVER EM BREVE... maisdomesmo.np@gmail.com

segunda-feira, 4 de outubro de 2004

A cigarra e a formiga

Era uma vez, uma formiguinha e uma cigarra, muito amigas.
Durante todo o Outono, a formiguinha trabalhou sem parar, armazenando comida para o período de Inverno.
Não aproveitou nada do Sol, da brisa suave do fim da tarde e nem do convívio com os amigos no fim do trabalho.
O seu nome era "trabalho" e o seu apelido "sempre". Enquanto isso, a cigarra só queria cantar nos grupos de amigos e nos bares da cidade; não desperdiçou um minuto sequer, cantou e dançou durante todo o Outono, aproveitou o Sol, curtiu a valer sem se preocupar com o Inverno que estava para chegar.
Então, passados alguns dias, começou a fazer frio. Era o Inverno que estava a começar.
A formiguinha, exausta de tanto trabalho, entrou para a sua singela e aconchegante toca repleta de comida.
Mas alguém chamou o seu nome do lado de fora da toca.
Quando abriu a porta para ver quem era, ficou surpreendida com o que viu.
A sua amiga cigarra estava ao volante de um Ferrari com um aconchegante casaco de vison.
E a cigarra disse para a formiguinha:
-Olá amiga, vou passar o inverno a Paris. Será que tu poderias cuidar da minha toca?
E a formiguinha respondeu:
-Claro, sem problemas! Mas o que te aconteceu? Como é que conseguiste dinheiro para ir a Paris e comprar esse Ferrari?
E a cigarra respondeu:
-Imagina tu que eu estava a cantar num bar, na semana passada e um produtor gostou da minha voz. Fechei um contrato de seis meses para fazer shows em Paris! A propósito, a minha amiga deseja algo de lá?
Respondeu a formiguinha:
-Desejo sim. Se tu encontrares por lá um tal La Fontaine manda-o ir para "a puta que o pariu"!!!...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home


 
AJUDE-ME, CLICANDO NOS BANNERS!... OBRIGADO! AGRADEÇO A SUA PASSAGEM POR ESTE BLOGUE! COMENTE...