Mais do mesmo

Mais do mesmo... mesmo do que é demais! Há 13 anos... VOLTAREI A ESCREVER EM BREVE... maisdomesmo.np@gmail.com

terça-feira, 14 de setembro de 2004

Reembolso & Gestão por Objectivos

Um casal de jovens chega ao consultório de um médico terapeuta sexual. O
médico pergunta:
- O que posso fazer por vocês?
O rapaz responde:
- Você poderia ver-nos a fazer sexo!
O médico olha espantado, mas concorda. Quando termina, o médico diz:
- Não há nada mal na maneira como vocês fazem sexo!
E cobra 70 € pela consulta, o que se repete por varias semanas: o casal marca um horário, faz sexo sem nenhum problema, paga ao médico e deixa o consultório. Finalmente o médico resolve perguntar:
- Afinal, o que vocês estão a tentar descobrir?
E o rapaz responde:
- Nada, o problema é que ela é casada e eu não posso ir a casa dela. Eu também sou casado e ela não pode ir a minha casa. No Motel Tivoli, um quarto custa 120 €. No Motel Holliday Inn custa 100 €. Aqui, nós fazemos sexo por 70 €, temos acompanhamento médico, é passado um atestado, sou reembolsado em 42 € pela MÉDIS e ainda consigo uma restituição do IRS de 19,25 €.

""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""

Era uma vez uma aldeia onde viviam dois homens que tinham o mesmo nome:
Joaquim Gonçalves.
Um era sacerdote e o outro, taxista.
Quis o destino que morressem no mesmo dia.
Quando chegaram ao céu, São Pedro esperava-os.
- O teu nome ?
- Joaquim Gonçalves.
- És o sacerdote ?
- Não, o taxista.
São Pedro consulta as suas notas e diz:
- Bom, ganhaste o paraíso. Levas esta túnica com fios de ouro e este ceptro de platina com incrustações de rubis. Podes entrar.
- O teu nome ?
- Joaquim Gonçalves.
- És o sacerdote ?
- Sim, sou eu mesmo.
- Muito bem, meu filho, ganhaste o paraíso. Levas esta bata de linho e este ceptro de ferro.
O sacerdote diz:
- Desculpe, mas deve haver engano. Eu sou o Joaquim Gonçalves, o sacerdote!
- Sim, meu filho, ganhaste o paraíso. Levas esta bata de linho e...
- Não pode ser! Eu conheço o outro senhor. Era taxista, vivia na minha aldeia e era um desastre! Subia os passeios, batia com o carro todos os dias, conduzia pessimamente e assustava as pessoas. Nunca mudou, apesar das multas e repreensões policiais. E quanto a mim, passei 75 anos pregando todos os domingos na paróquia. Como é que ele recebe a túnica com fios de ouro e eu... isto?!
- Não é nenhum engano - diz São Pedro. Aqui no céu, estamos a fazer uma gestão mais profissional, como a que vocês fazem lá na Terra.
- Não entendo!.
- Eu explico. Agora orientamo-nos por objectivos.
É assim: durante os últimos anos, cada vez que tu pregavas, as pessoas dormiam.
E cada vez que ele conduzia o táxi, as pessoas começavam a rezar.
Resultados! Percebeste? Gestão por Objectivos!

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Volte mais vezes...
 
AGRADEÇO A SUA PASSAGEM POR ESTE BLOGUE! COMENTE...