Mais do mesmo

Mais do mesmo... mesmo do que é demais! Há 6 anos... AINDA NÃO SE PODE SER PROFESSOR?! maisdomesmo.np@gmail.com

terça-feira, 29 de novembro de 2005

Mentes brilhantes

Teste

E tem um tipo de aturar isto até aos 65 anos... :)

Apresentação

Poema_seis

O Luís vai editar um livro. Poesia.
A apresentação do mesmo será a 19 de Dezembro. Algures em Lisboa.

Para mais informações, visitem "eterna figura de corpo presente"!

(em alternativa, deixem a vossa dúvida/questão/observação na caixa de comentários...)

segunda-feira, 28 de novembro de 2005

Ataque cardíaco

A enfermeira G. ia almoçar, foi ter com a sua irmã L. que trabalha noutro serviço... e aí, na presença dela e de vários médicos, teve um ataque cardíaco! Foi prontamente assistida...

Está internada, neste momento, no seu próprio serviço, onde recupera lentamente!

Será a isto que se chama "sorte no azar"... ou "na hora errada estar no sítio certo"?

Se um dia eu tiver um ataque cardíaco... que não seja quando estiver fechado no WC, como aconteceu, há uns tempos, a um outro enfermeiro de outro hospital!

sábado, 26 de novembro de 2005

Guarda

Forte

Farta

Fria

Fiel

Formosa

Aí vou eu!...

Brrrrrrrrrrrr...

quinta-feira, 24 de novembro de 2005

À Rita


Com muitos beijinhos da Raquel...

Etiquetas:

quarta-feira, 23 de novembro de 2005

Um bom programa

Amigos

Almoço: leitão, vinho verde e café.

Jantar: Coldplay!

Que pena só ter podido participar na primeira parte do programa!

Etiquetas:

terça-feira, 22 de novembro de 2005

Despacho Normativo n.º 50/2005

Chegou aí o Despacho Normativo n.º 50/2005 e eu tenho de o ler muito bem... e tenho de fazer uns esquemas para o apresentar na próxima reunião do Conselho de Docentes! Chiça!

PS. Quem vai precisar de um "plano de recuperação" sou eu! É que, pelo pouco que li, "programas de tutoria para apoio a estratégias de estudo, orientação e aconselhamento do aluno" (alíne b), "actividades de compensação" (alínea c), "aulas de recuperação" (alínea d) e "actividades de ensino específico da língua portuguesa para alunos oriundos de países estrangeiros" (alínea e), tudo isto previsto no n.º 3 do artigo 2.º, são tudo coisas que desconfio que não vão existir no meu Agrupamento (para o 1.º Ciclo)... pelo que resta a "Pedagogia diferenciada na sala de aula" (alínea a).

Ora porra... e eu à espera de novidades!

Etiquetas:

sábado, 19 de novembro de 2005

Madonna



Esta senhora de 47 anos, que respira muita "saúde", ainda deixa muitas mocinhas de 20 anos roídas de inveja!...

Exemplo disso, a sua actuação, em Lisboa, na abertura do "MTV Europe Music Awards"!


Um verdadeiro "show"!

É duro ser pobre

Diferenças entre ricos e pobres:

Rico de unhas pintadas = Playboy
Pobre de unhas pintadas = Paneleiro

Rico com sandálias = Turista
Pobre com sandálias = Mendigo

Rico que come muito = Gourmet
Pobre que come muito = Esfomeado

Rico a ler o jornal = Intelectual
Pobre a ler o jornal = Desempregado

Rico vestido de branco = Médico
Pobre vestido de branco = Pai de Santo

Rico a subir o muro = Rapel
Pobre a subir o muro = Assaltante

Rico no restaurante = Cliente
Pobre no restaurante = Empregado

Rico de fato = Empresário
Pobre de fato = Defunto

Rico na Loja = Quanto custa?
Pobre na loja = Estou só a olhar...

Rico a ler este post = Patrão
Pobre a ler este post = Empregado baldando-se ao serviço

(Autor desconhecido; recebido por e-mail, desta vez enviado pelo amigo Gilberto!)

Etiquetas:

sexta-feira, 18 de novembro de 2005

RIP

Mais um soldado morreu em território afegão e outros três ficaram feridos!
Todas as semanas ouvimos uma notícia semelhante, venha ela do Afeganistão ou do Iraque!

Mas desta vez, o morto tem rosto e nome: João Paulo Roma Pereira!
Era um sargento português, tinha 33 anos, era casado e pai de uma menina!

Lê-se em alguns órgãos de comunicação social que fez o curso de Comandos e recebeu várias condecorações, entre as quais uma medalha das Nações Unidas, uma medalha D. Afonso Henriques e outras duas por serviços especiais prestados às Forças Armadas, pela sua participação em duas missões em Timor-Leste.

Provavelmente tombou acreditando naquilo que fazia, mesmo sabendo que a qualquer altura podia ser ferido ou morto!
Saberá a filha perceber os motivos por que seu pai morreu?

Espero que o Estado Português não desampare a sua família!
Paz à sua alma!

Grande adesão

Pisar o risco

Todos diferentes, todos iguais

Vale a pena perder uns minutos e pensar um pouco neste assunto...

Diário de um cruzeiro

Querido Diário... Primeiro Dia:

Já estou preparada para fazer este maravilhoso cruzeiro. Trouxe na mala as minhas melhores roupas! Estou excitada!

Querido Diário... Segundo Dia:

Estivemos todo o dia navegando calmamente. Foi lindo e vi alguns golfinhos e baleias! Que férias maravilhosas! Hoje encontrei-me com o Capitão, que, por sinal, é um belo homem!

Querido diário ... Terceiro Dia:

Hoje estive na piscina. Fiz também um pouco de surf e joguei um pouco de golfe. O Capitão convidou-me para jantar na sua mesa. Foi uma honra e a noite foi maravilhosa. Ele é um homem muito atraente e culto.

Querido diário... Quarto Dia:

Fui ao Casino do navio! Tive muita sorte, pois ganhei 80 €. O Capitão convidou-me para jantar com ele no seu camarote. A ceia foi luxuosa com caviar e champanhe. Depois de comermos ele perguntou se eu ficaria na sua cabine, mas eu recusei o convite. Disse-lhe que não queria ser infiel ao meu marido.

Querido diário... Quinto Dia:

Hoje voltei à piscina para me bronzear um pouco. Depois, decidi ir ao Piano Bar e passar ali o resto do dia. O Capitão viu-me e convidou-me para tomar um aperitivo. Realmente ele é um homem encantador. Perguntou-me de novo se eu queria visitá-lo no seu camarote naquela noite.
E eu disse-lhe que não! Então ele garantiu-me que se eu continuasse a recusar, ele iria afundar o navio! Fiquei aterrorizada!

Querido diário... Sexto dia:

Hoje salvei 1600 pessoas... três vezes!!

Etiquetas:

quinta-feira, 17 de novembro de 2005

O atestado médico

Chegou-me às mãos, via e-mail (obrigado, Cristina), este fantástico texto escrito por um professor de filosofia que escreve semanalmente para o jornal "O Torrejano". Não posso deixar de aqui o postar... com a devida vénia ao seu autor!

-------------------------------------------------------------

O atestado médico
José Ricardo Costa

Imagine o meu caro que é professor, que é dia de exame do 12º ano e vai ter de fazer uma vigilância. Continue a imaginar. O despertador avariou durante a noite. Ou fica preso no elevador. Ou o seu filho, já à porta do infantário, vomitou o quente, pastoso, húmido e fétido pequeno-almoço em cima da sua imaculada camisa. Teve, portanto, de faltar à vigilância. Tem falta. Ora esta coisa de um professor ficar com faltas injustificadas é complicada, por isso convém justificá-la. A questão agora é: como justificá-la?

Passemos então à parte divertida.
A única justificação para o facto de ficar preso no elevador, do despertador avariar ou de não poder ir para uma sala do exame com a camisa vomitada, ababalhada e malcheirosa, é um atestado médico. Qualquer pessoa com um pouco de bom senso percebe que quem precisa aqui do atestado médico será o despertador ou o elevador. Mas não. Só uma doença poderá justificar a sua ausência na sala do exame. Vai ao médico.

E, a partir deste momento, a stuação deixa de ser divertida para passar a ser hilariante. Chega-se ao médico com o ar mais saudável deste mundo. Enfim, com o sorriso de Jorge Gabriel misturado com o ar rosado do Gabriel Alves e a felicidade do padre Melícias. A partir deste momento mágico, gera-se um fenómeno que só pode ser explicado através de noções básicas da psicopatologia da vida quotidiana.
Os mesmos que explicam uma hipnose colectiva em Felgueiras, o holocausto nazi ou o sucesso da TVI. O professor sabe que não está doente. O médico sabe que ele não está doente. O presidente do executivo sabe que ele não está doente. O director regional sabe que ele não está doente. O Ministério da Educação sabe que ele não está doente. O próprio legislador, que manda a um professor que fica preso no elevador apresentar um atestado médico, também sabe que o professor não está doente.

Ora, num país em que isto acontece, para além do despertador que não toca, do elevador parado e da camisa vomitada, é o próprio país que está doente. Um país assim, onde a mentira é legislada, só pode mesmo ser um país doente.

Vamos lá ver, a mentira em si não é patológica. Até pode ser racional, útil e eficaz em certas ocasiões. O que já será patológico é o desejo que temos de sermos enganados ou a capacidade para fingirmos que a mentira é verdade. Lá nesse aspecto somos um bom exemplo do que dizia Goebbels:
uma mentira várias vezes repetida transforma-se numa verdade. Já Aristóteles percebia uma coisa muito engraçada: quando vamos ao teatro, vamos com o desejo e uma predisposição para sermos enganados. Mas isso é normal. Sabemos bem, depois de termos chorado baba e ranho a ver o "ET", que este é um boneco e que temos de poupar a baba e o ranho para outras ocasiões. O problema é que em Portugal a ficção se confunde com a realidade. Portugal é ele próprio uma produção fictícia, provavelmente mesmo desde D. Afonso Henriques, que Deus me perdoe. A começar pela política.

Os nossos políticos são descaradamente mentirosos.
Só que ninguém leva a mal porque já estamos habituados. Aliás, em Portugal é-se penalizado por falar verdade, mesmo que seja por boas razões, o que significa que em Portugal não há boas razões para falar verdade. Se eu, num ambiente formal, disser a uma pessoa que tem uma nódoa na camisa, ela irá levar a mal. Fica ofendida. Se eu digo isso é para a ajudar, para que possa disfarçar a nódoa e não fazer má figura. Mas ela fica zangada comigo só porque eu vi a nódoa, sabe que eu sei que tem a nódoa e porque assumi perante ela que sei que tem a nódoa e que sei que ela sabe que eu sei. Nós, portugueses, adoramos viver enganados, iludidos e achamos normal que assim seja.

Por exemplo, lemos revistas sociais e ficamos derretidos (não falo do cérebro, mas de um plano emocional) ao vermos casais felicíssimos e com vidas de sonho.
Pronto, sabemos que aquilo é tudo mentira, que muitos deles divorciam-se ao fim de três meses e que outros vivem um alcoolismo disfarçado. Mas adoramos fingir que aquilo é tudo verdade.

Somos pobres, mas vivemos como os alemães e os franceses.
Somos ignorantes e culturalmente miseráveis, mas somos doutores e engenheiros.
Fazemos malabarismos e contorcionismos financeiros, mas vamos passar férias a Fortaleza.
Fazemos estádios caríssimos para dois ou três jogos em 15 dias, temos auto-estradas modernas e europeias, mas para ver passar, a seu lado, entulho, lixo, mato por limpar, eucaliptos, floresta queimada, barracões com chapas de zinco, casas horríveis e fábricas desactivadas.

Portugal mente compulsivamente. Mente perante si próprio e mente perante o mundo. Claro que não é um professor que falta à vigilância de um exame por ficar preso no elevador que precisa de um atestado médico.


-------------------------------------------------------------

PS. Amanhã vou faltar às aulas, mas não é por causa duma avaria do despertador, por ficar preso no elevador ou por, eventualmente, a minha filha me vomitar em cima!
Falto porque vou mesmo aderir à greve dos professores!...

Etiquetas:

Matemática simples (II)

Exercício de Matemática

Mais um exercício de Matemática "resolvido com simplicidade"... :)

Parece tudo tão... tão... tão lógico, não é? :P

Etiquetas:

quarta-feira, 16 de novembro de 2005

Matemática simples

Find x

A Matemática até é simples, as pessoas é que têm a mania de complicar! :)

PS. Este ano lectivo, os professores do 1.º CEB vão ter formação contínua na área da Matemática!...

Etiquetas:

segunda-feira, 14 de novembro de 2005

Vasto e rico património

Que rico monumento

Aproveite o próximo feriado... quiçá o próximo dia de greve... e vá (cu)nhecer melhor os nossos monumentos nacionais... :)

Etiquetas:

sexta-feira, 11 de novembro de 2005

A (nossa) vida

No primeiro dia, Deus criou a vaca. E disse:
"Tens que ir para o campo com o agricultor durante todo o dia e sofrer debaixo do Sol, e dar leite para sustentar o agricultor. Eu dar-te-ei uma vida de 60 anos."

A vaca disse:
"É uma vida dura que tu queres que eu viva durante 60 anos. Dá-me somente 20 e eu devolvo-te os outros 40."
E Deus concordou.

No segundo dia, Deus criou o cão. E disse:
"Senta-te todo o dia perto da porta da tua casa e ladra para qualquer pessoa que entre ou que passe por perto. Eu dar-te-ei 20 anos de vida."
O cão disse:
"Isso é muito tempo para estar a ladrar. Dá-me somente 10 e eu devolvo-te os outros 10."
Deus concordou.

No terceiro dia, Deus criou o macaco. E disse:
"Distrai as pessoas, faz truques de macaco e fá-los rir muito. Eu dar-te-ei 20 anos de vida."
O macaco disse:
"Que cansativo, truques de macaco durante 20 anos!? Acho que não. O cão devolveu-te 10 anos e é o que eu vou fazer também, ok?"
Deus concordou.

No quarto dia, Deus criou o Homem. E disse:
"Come, dorme, brinca, faz sexo, diverte-te. Não faças nada, simplesmente diverte-te. Eu dar-te-ei 20 anos de vida."
O Homem disse:
"O quê!? Só 20 anos? Nem pensar! Vamos fazer o seguinte: eu fico com os 40 anos que a vaca devolveu, com os 10 do cão e os 10 do macaco. Isso faz 80. Pode ser?"
Deus respondeu:
"Pode ser! Negócio fechado."


É por isso que durante os primeiros 20 anos comemos, dormimos, brincamos, praticamos sexo, divertimo-nos e não fazemos nada. Os 40 anos seguintes, sofremos ao sol para sustentar a nossa família, os 10 seguintes fazemos figura de macaco para entreter os nossos netos e os últimos 10 anos sentamo-nos na varanda e ladramos a toda a gente.

Está explicada a vida!

(recebido por e-mail)

quinta-feira, 10 de novembro de 2005

Repita lá, se faz favor!

Se não foi assim, foi muito parecido:

"A situação tende a normalizar, os ânimos estão mais calmos... hoje arderam cerca de 400 carros... e 1 escola."

terça-feira, 8 de novembro de 2005

Nova entrada no dicionário

  • Otário:

    indivíduo que defende com ardor, mas sem argumentos, a construção do Aeroporto da Ota.

    Etiquetas:

  • Homens!

    (Mais uma "estória" recebida por e-mail... enviado por uma amiga, claro!)

    Anúncio publicado no The Atlanta Journal:

    «Loura, solteira, procura companhia masculina, não importa a raça. Sou muito bonita e ADORO brincar. Adoro longos passeios nos bosques, andar de carro, caçar, acampar e pescar, noites de Inverno à lareira. Jantares à luz de velas pôr-me-ão a comer da sua mão. Faça-me festas como deve ser e veja a minha reacção. Estarei à porta quando chegar do trabalho, trajando apenas o que a Natureza me deu. Beije-me e serei sua.
    Ligue XXX-XXXX e pergunte pela Daisy.»


    Mais de quinze mil homens deram por si a falar com a Human Society local a respeito de uma Labrador Retriever amarela de 8 semanas.

    Os homens são tão patinhos... :o)

    quinta-feira, 3 de novembro de 2005

    Vencedores

    Terminou o espectáculo MTV Europe Music Awards 2005 - Lisboa.

    E os vencedores são:

  • Best Male: Robbie Williams

  • Best Female: Shakira

  • Best Group: Gorillaz

  • Best Album: Green Day - American Idiot

  • Best Rock: Green Day

  • Best Song: Coldplay - "Speed of Sound"

  • Best R&B: Alicia Keys

  • Best Pop: The Black Eyed Peas

  • Best Hip-Hop: Snoop Dogg

  • Best Alternative: System Of a Down

  • Best New Act: James Blunt

  • Best Video: The Chemical Brothers - "Believe"

  • Best Portuguese Act: The Gift

  • Free Your Mind Award – Sir Bob Geldof

    Para terminar, apenas recordar o apelo de Sir Bob Geldof que desafiou esta nova geração a lutar pela irradição da fome e da pobreza no Mundo!
    (tradução livre)

    Etiquetas:

  • MTV

    Ei... está aí alguém? Alô!...
    Pois... já calculava que estivessem todos a ver o MTV... Europe Music Awards 2005 - Lisboa!!

    Que grande espectáculo... e em Portugal!...

    (Coldplay e James Blunt, que tenho ouvido ultimamente, foram premiados! The Gift também... Alcobaça está "em festa"... mas aquela rapariga até podia ter sido um pouco mais humilde!)

    Etiquetas:

    Volte sempre!
     
    AGRADECEMOS A SUA PASSAGEM POR ESTE BLOGUE! COMENTE...