Mais do mesmo

Mais do mesmo... mesmo do que é demais! Há 6 anos... AINDA NÃO SE PODE SER PROFESSOR?! maisdomesmo.np@gmail.com

quinta-feira, 30 de setembro de 2004

Resultados da Taça UEFA (II)

Resultados das equipas portuguesas:

  • Rapid Viena (Áustria) - 0 Sporting - 0


  • Benfica - 2 Banská Bystrica (Eslováquia) - 0


  • Nacional da Madeira - 1 Sevilha (Espanha) - 2


  • Glasgow Rangers (Escócia) - 1 Marítimo - 0 (4-2 nos penalties)


  • Sporting de Braga - 2 Hearts (Escócia) - 2


  • O Benfica apurou-se com naturalidade, contra um adversário que era desconhecido: 5-0!
    O Sporting estudou bem "a lição" de 1995... aguentou quando teve de aguentar, dominou e controlou a maior parte do tempo... e ainda se pôde assistir ao regresso de Rochemback à competição. O Sporting apurou-se com mérito: 2-0!
    O Marítimo lutou com galhardia, venceu um jogo e perdeu outro, aguentou o prolongamento e só foi eliminado no último instante, nos penalties: 1-1 (4-2 nos penalties).
    O Sporting de Braga foi eliminado sem honra nem glória: 3-5!
    O Nacional da Madeira passou pela Taça UEFA a toda a velocidade, com duas derrotas. Foi eliminado sem grandes surpresas, depois de ter perdido jogadores importantes da época passada: 1-4! Se calhar têm de rever essa política... que tantos criticam ao Sporting! Já deviam ter aprendido... :P

    Seja como for: Viva Portugal!

    Etiquetas:

    quarta-feira, 29 de setembro de 2004

    Algures...

    BD Pinguins
    Com a devida vénia ao autor da BD!

    Os erros persistem! Pelo que se ouve dizer, continuam a ser centenas ou mesmo milhares!... Haja pachorra!

    Se calhar também fiquei onde fiquei... porque houve um (??) erro!

    Queres ver que ainda me mandam para a minha ex-escola e ex-turma?
    Queres ver que ainda descobrem que houve fraudes?
    Queres ver que tudo isto era para os "Apanhados"?

    terça-feira, 28 de setembro de 2004

    Por fim!

    Finalmente saíram as listas!
    Finalmente estou colocado!

    Fiquei relativamente perto de casa... mas não consegui ficar na minha escola anterior!
    Por acaso estou curioso em saber quem vai lá ficar! :)

    Visitem e ajudem

    Nunca ouviu falar da Liga dos Amigos dos Hospitais da Universidade de Coimbra? Não sabe para que serve? Não sabe que actividades desenvolvem?

    Não?

    Pronto, não faz mal... pois vai sempre a tempo ... de se informar e visitar a sua página na Internet!

    Ajudem a divulgar!...
    Se puderem ajudar em algo mais... eles agradecem, com certeza!

    segunda-feira, 27 de setembro de 2004

    Não é justo!

    Ainda a propósito das colocações de professores, o Mais do mesmo gostaria de partilhar com os seus leitores uma missiva recebida por e-mail, cujo autor é "da família"! :)


    *****************************************************

    Apesar dos reiterados adiamentos das datas de colocação de professores, no dia 21 de Setembro, entre as 3h00’ e as 4h00’, foi possível uma fugaz consulta à lista emanada do Ministério da Educação, embora se tenha vindo a constatar, mais tarde, que também esta continha erros, tendo sido rapidamente retirada da NET.
    No entanto e apesar disto, foi inquietante ter-se verificado o que já havia muito tempo grassava entre os docentes do 1.º Ciclo do Ensino Básico e Pré - Escolar do QZP (Quadro de Zona Pedagógica) da Guarda como simples boato: estaria em vias de se premiar a desonestidade. Como se chega e a esta inferência? Na célere consulta a esta lista pôde constatar-se que:

    1. Os professores colocados no cimo da lista de ordenação definitiva (entre os números 1 e 10), à beira da reforma, com, aproximadamente, 30 anos de serviço, desde há muitos anos colocados em escolas da cidade da Guarda, tinham sido “recambiados” para escolas que distavam 35 km (e mais) desta localidade;
    2. Professores do meio da lista do QZP (entre os números 200 e 250), com 15 a 20 anos de serviço, tinham sido, literalmente, “arremessados” para escolas a 70km (e mais) de distância;
    3. Professores do fim da lista, com 3 ou 4 anos de serviço (entre os números 400 e 500), professores estes que, em concursos anteriores nem sequer eram colocados durante a primeira fase (por falta de escola), tinham sido colocados em escolas do concelho da Guarda, ou, quando muito, em Celorico da Beira ou Pinhel, a 10, 15 ou 20 km de casa;

    Como é isto possível?

    Arrisquemos uma explicação.

    Todos (ou quase todos) os professores que pediram destacamento por condições específicas conseguiram, provavelmente, obtê-lo e ultrapassaram, ostensiva e displicentemente, os seus colegas, argumentando a existência das mais variadas doenças solidamente escoradas por atestados médicos.
    Esclarecendo, ainda: tem o mesmo tratamento tanto o professor que alegue e comprove ser portador de uma das doenças incapacitantes exaradas no Despacho Conjunto A-179/89-XI, de 12 de Setembro (publicado em Diário da República, 2.ª Série, n.º 219, de 22/09), como aquele que alegue a impossibilidade de conduzir pelos afrontamentos provocados por um furúnculo na nádega esquerda ou por impedimento de carregar no acelerador pelo tormento crónico induzido por uma unha encravada no dedo grande do pé direito!
    Perdoe-se a ironia dos exemplos, mas é que, nesta altura dos concursos e com estes índices de ansiedade, só já com gracejos se sustenta alguma racionalidade… É que isto significa que (elucide-se o argumento com mais este figurino) um professor com 2 anos de serviço que enjoe nas curvas do Mondego, ou que fique com dores lombares em viagens acima dos 10 km, ou, ainda, que alegue ter a velhinha mãe (de 45 anos) a seu cargo, pode escolher uma escola onde, desde há longa data, um professor com 30 anos de serviço, de excelente currículo ao serviço dos seus alunos e prestes a reformar-se, sempre leccionou.
    Ouve-se falar de atestados médicos de €250 e €350… Não pode ser possível!
    Ouve-se falar de quem tenha alegado tratamentos em quimioterapia para ter direito a destacamento… é, com certeza, uma falsidade!
    Ouve-se dizer que, do corpo docente do 1.º Ciclo do QZP, 80% está doente… Não acreditamos!
    Consta, para aí, que houve Agrupamentos de Escolas que aceitaram pedidos de destacamento por condições específicas em Setembro (situação ilegal por incumprimento do prazo estabelecido). Não pode ser verdade!
    Até há quem clame ter sido contactado por órgãos de gestão de um ou outro Agrupamento de Escolas e por sindicatos, com o objectivo de instigar os professores a pedirem destacamento por condições específicas para se não verem ultrapassados por outros… É boato, com certeza.
    Mas, pelo sim, pelo não, que tal uma acção concertada pela Inspecção Geral do Ensino e (porque não?) a Ordem dos Médicos, antes que se faça a colocação dos professores, aprazada para 30 de Setembro? Que esta chega só no decurso do ano lectivo? O que vem a resolver, nessa altura, se os professores já perderam o direito às “suas escolas”?
    É injusto para aqueles que verdadeiramente padecem e que almejaram o seu destacamento por condições específicas porque a ele têm direito, mas é, de igual modo, injusto para quem se vê ultrapassado na lista por pessoas que, de forma inefável, desonesta, se declaram doentes sem o serem. Os professores “saudáveis” do QZP da Guarda interrogam-se, hoje, se a consciência cívica e as qualidades e virtudes que procuram incutir nos seus alunos serão o trilho correcto a descerrar por estes ao longo da vida… É que daqui a alguns anos estes alunos podem querer vir a tornar-se professores honestos.
    Por favor, não se premeie a desonestidade. Até 30 de Setembro, estamos a tempo de o evitar.

    *****************************************************

    No exacto momento em que estou a editar esta carta, os colegas da Guarda estão a manifestar-se!

    Caros amigos e companheiros de outras lutas: estou convosco!

    Procura emprego? Reconverta-se... ou não!

    Um sujeito vai visitar um amigo deputado e aproveita para lhe pedir um
    emprego para o filho que tinha acabado de completar o 12º ano.
    - Eu tenho uma vaga para assessor, só que o salário não é muito bom!...
    - Quanto é, doutor?
    - Pouco mais de cinco mil euros!
    - Cinco mil euros? Mas é muito dinheiro para o rapaz! Ele não vai saber o
    que fazer com esse dinheiro todo, doutor! Não tem uma vagazinha mais modesta?
    - Só se for para trabalhar na Assembleia. Meio tempo. E eles estão a pagar dois mil e quinhentos euros!
    - Ainda é muito, doutor! Isso vai acabar por habituar mal o rapaz! O senhor não tem para aí um emprego que pague aí uns quinhentos ou seiscentos euros?
    - Ter, até tenho. Mas aí é só por concurso e para quem tem um curso superior em Engenharia, Medicina, Economia, Gestão, Direito ou Contabilidade. E ainda tem que ter bons conhecimentos em Informática, além de ter que falar e escrever Inglês, Francês e Espanhol fluentemente!

    sexta-feira, 24 de setembro de 2004

    Não me apetece escrever...

    ... mas apetece-me mostrar, em primeira mão, qual vai ser o bronzeado que estará na moda no próximo Verão!

    Coxas bronzeadas

    quinta-feira, 23 de setembro de 2004

    O bebé e o leite

    Uma mulher leva o bebé ao consultório de um pediatra. Espera uns momentos na sala e a enfermeira manda-a entrar no consultório.
    Depois da apresentação, o médico começa a examinar o bebé e verifica que
    o seu peso está abaixo do normal.
    - O bebé bebe leite materno ou de biberão?
    - Leite materno, diz a senhora.
    - Então, por favor, mostre-me os seus seios!
    A mulher obedece e o médico toca, apalpa, aperta ambos os seios num exame detalhado...
    - Pode tapar-se, se faz favor.
    Depois da senhora estar novamente composta, o médico diz-lhe:
    - É com razão que o bébé tem peso a menos. De facto, a senhora não tem
    leite!...
    - Eu sei, senhor doutor: eu sou a avó!

    Mulher com bebé ao colo

    quarta-feira, 22 de setembro de 2004

    Recados aos jogadores do Sporting e não só!

    Espero que os jogadores do Sporting tenham visto o jogo «Porto - 1 Leiria - 1».

    Mas vou deixar aqui umas notas e umas perguntas:

    Espero que os jogadores do Sporting tenham visto este jogo com muita atenção.
    Espero que tenham visto bem como joga o Leiria!

    Espero que o Ricardo tenha estado atento e tenha aprendido alguma coisa, tanto com o Helton, como com o Baía. Vê como se segura uma bola, Labreca!

    Espero que o Hugo tenha visto como se dá um empurrão pelas costas sem ser penaltie! Aprende, rapaz!...

    Espero que o Polga tenha visto como se faz uma gravata sem que se veja amarelo e sem se ser expulso.

    Espero que o Liedson tenha aprendido como protestar uma decisão do árbitro sem ver o amarelo... e que tenha aprendido e enriquecido o seu vocabulário de vernáculo quando se dirige a um árbitro! Sem sotaque, claro, senão estás lixado!

    Espero que o Liedson tenha aprendido que não vale a pena cair quando se sofre falta. Mas se caires, ó Liedson... não fiques a protestar: levanta-te rápido e vai-te ao tipo. Viste como se faz? Viste como se dá um grande empurrão a um adversário e se arma um grande "sururu"? Viste como se anda ao estalo sem se ver cartões?

    Espero que o Ricardo Fernandes também tenha estado atento... e que aprenda que, da próxima vez que levar com um braço nas "trombas", o melhor é deitar mesmo sangue (olha, fala com o Fangueiro que ele explica-te isso).

    Ó Douala, não fiques aborrecido por, há dias, o Tonel se ter literalmente atirado para cima de ti, na área: tiveste mais sorte que o Geufer, que ficou lesionado com gravidade, numa situação idêntica.

    Enfim... espero que os jogadores do Sporting tenham visto bem o jogo que o campeão europeu fez... e percebam, finalmente, que não são as camisolas que ganham os jogos... que sem espírito de equipa nada se consegue... que sem garra e querer qualquer equipa é banal... ou banalizada!

    Com os erros dos outros também se pode aprender!

    E parece que as invasões de campo estão na moda! A televisão é que nem mostrou bem... mas isso não me espanta mesmo, mesmo nada!

    terça-feira, 21 de setembro de 2004

    Sistema Nacional de Saúde

    Mecânico no hospital

    Deixo duas questões:

  • será mesmo verdade que o trabalho dá saúde?

  • ... ou será a saúde que dá trabalho?

    Curiosidade minha:
    será que o Jacinto não pagou a taxa moderadora? :)

  • Sporting - 0 Marítimo - 1



    Só vou dizer isto: o futebol do Sporting foi pobre, muito pobre, pobrezinho mesmo (com excepção da parte final, em que se viu algum arreganho e querer)... mas mais pobre e miserável foi a actuação do árbitro Carlos Xistra... com muitos erros graves, com prejuízo para as duas equipas (mas se calhar o Marítimo com mais razões de queixa)!

    Só deixo uma pergunta: como foi possível este árbitro ter sido o 1.º classificado na época passada?
    Deve ter um "padrinho" poderoso, só pode!!!

    segunda-feira, 20 de setembro de 2004

    Já falam como campeões



    Ó benfiquistas, tenham lá calma: só ganharam mais um jogo... e contra uma equipa limitada, com poucas opções no ataque e com muitos lesionados noutros sectores. Ainda só estamos na 3.ª jornada, não falem como se já fossem campeões! :P

    Falharam um penaltie, queixam-se de que o central não foi expulso (devia ter sido, é certo), queixam-se que anteriormente devia ter sido assinalado penaltie sobre o Sokota (sobre esse lance os "analistas" dividiram-se)... e depois marcaram um golo numa jogada que se iniciou com o Nuno Gomes em fora de jogo. O João Pereira rematou/centrou para a área, precisamente para a zona onde estava o Nuno Gomes... e até foi o defesa da AAC que estava mais próximo dele que, se calhar "assustado" pela sua proximidade (lol), acabou por tocar mal na bola, desviando-a para onde estava o Simão, que fez golo.
    O Nuno Gomes, para muitos, não interferiu na jogada, mas, para mim, estava na zona de accção da jogada... logo, devia ter-se ouvido uma apitadela!

    Olha, uma apitadela igual à que se ouviu quando o Paraty intimidou o Joeano, mostrando-lhe um cartão amarelo injusto, (pouco depois em jogada similar protagonizada pelo João Pereira, o senhor Paraty já ajuizou de forma distinta)... ou quando esse senhor mostrou o cartão amarelo ao Ricardo Fernandes, considerando que ele tinha simulado uma falta, quando todos vimos que o João Pereira (sempre ele!) atingiu o academista na cara. É que, enquanto isto, o Petit fartava-se de cometer faltas e só ao minuto 80 viu o cartão amarelo.

    Mas Paraty também prejudicou o Benfica, é certo! Este árbitro, aliás, é péssimo... e teve vários maus julgamentos, tanto a nível de marcação de faltas, como no capítulo disciplinar! Com prejuízo de ambas as equipas...

    Para concluir:
    não se percebe como continuam a acontecer invasões de campo... não se percebe como as claques continuam a conseguir levar petardos para dentro do Estádio... e não se percebe como os mesmos elementos das claques se dão ao trabalho de escrever faixas como aquelas que se viram no Estádio:

  • "E agora, já querem adiar?"
  • "Sem ser do Benfica, do Porto e do Sporting, há por aí alguém da Académica?"

    Enfim... uma equipa profissional, que fez dois jogos com um intervalo de 72 horas como mandam os regulamentos... que mostrou interesse em adiar o dia de jogo quando já se tinham vendido bilhetes desse mesmo jogo... que insinua (ou os seus adeptos, com as ditas faixas) que a Académica não tem os seus próprios adeptos e defende interesses de outros clubes... não é com estas atitudes que faz juz ao prestígio que dizem ter!
  • Recado ao Ministério da Educação

    Para a próxima, peçam ajuda ao Schindler: ele tinha muito jeito para listas!...

    Cartaz do filme Lista de Schindler


    Mas aproveitem e revejam o filme.
    Chorar por chorar... que seja por causa da Sétima Arte!!


    domingo, 19 de setembro de 2004

    Assobios e desânimo?

    Portista desanimado

    Há umas semanas, falei de "fantasmas" que iam assombrar o FCP!
    Mas o Mais do mesmo recomenda calma aos seus amigos portistas! Não há motivos para desânimos, pois ainda têm um jogo em atraso para disputar, estão na Liga dos Campeões... e os outros "grandes" também não andam a jogar nada que jeito tenha!
    Embora por baixo, o campeonato está nivelado... o que permite que outras equipas ditas "pequenas" consigam aparecer nas primeiras páginas dos jornais (isto, claro, quando não há um novo penteado do Simão, do Tinga ou do Derlei para mostrar...).

    sábado, 18 de setembro de 2004

    WC... mas sem toalhas!

    Imagem de WC

    O Mais do mesmo tem o prazer de anunciar que está, finalmente, preparado para receber a visita do Finúrias e dos outros seus leitores que venham directamente do Blogue do Cagalhoum.

    Lamentavelmente, o Mais do mesmo não tem possibilidades de fornecer toalhas, já que a assalariada que tínhamos por aqui e que era responsável por essa tarefa vai, finalmente, ser colocada como professora numa escola de Trás-os-Montes.
    Por esse facto, que é da exclusiva responsabilidade do Ministério da Educação, pedimos desculpas aos nossos leitores.

    sexta-feira, 17 de setembro de 2004

    Resultados da Taça UEFA

    Resultados das equipas portuguesas:

  • Sporting - 2 Rapid Viena (Áustria) - 0


  • Banská Bystrica (Eslováquia) - 0 Benfica - 3


  • Sevilha (Espanha) - 2 Nacional da Madeira - 0


  • Marítimo - 1 Glasgow Rangers (Escócia) - 0


  • Hearts (Escócia) - 3 Sporting de Braga - 1


  • O Benfica já está com um pé na fase seguinte. Até pode jogar o jogo da 2.ª mão com a equipa B!
    O Sporting tem de estudar bem "a lição"... para não se repetir a história de 1995!
    O Marítimo vai passar um mau bocado, vai ser difícil não perder... mas tudo é possível, já que o empate serve aos insulares!
    O Sporting de Braga tem de ganhar por 2 a 0... ai, ai! Mas o Hearts não é nenhum "papão", pois não?
    O Nacional da Madeira deve estar a lamentar não poder usar o seu Estádio e vai precisar que Adriano esteja inspirado... e que os seus jogadores não se vejam mais envolvidos em "cenas tristes" com os polícias "do Marítimo"! :P

    Viva Portugal!

    Vamos rindo para não chorar

    Gargalhada de Xanana

    Com este não me meto!

    Conheçam... o homem mais forte da Internet!

    quinta-feira, 16 de setembro de 2004

    Colocações... só no dia 23!

    O Mais do mesmo acaba de saber junto de uma fonte próxima do Ministério da Educação que a lista de colocação de professores só será divulgada a partir do dia 23... e não do dia 20, como tem sido noticiado.

    Imagem de desespero

    Força, companheiros e companheiras, não desesperem!
    Quem já resistiu a tantas agruras, a tantos contratempos, a tantas injustiças, a tantos maus tratos psicológicos por parte de quem devia zelar pelo nosso bem-estar profissional, por parte de quem devia criar boas condições de trabalho e promover o sucesso educativo... tem forças para superar mais esta provação, embora este seja o mais caótico concurso de todos os tempos!
    Mas nós somos fortes... e precisamos de estar unidos!
    Força, companheiros e companheiras!

    terça-feira, 14 de setembro de 2004

    Reembolso & Gestão por Objectivos

    Um casal de jovens chega ao consultório de um médico terapeuta sexual. O
    médico pergunta:
    - O que posso fazer por vocês?
    O rapaz responde:
    - Você poderia ver-nos a fazer sexo!
    O médico olha espantado, mas concorda. Quando termina, o médico diz:
    - Não há nada mal na maneira como vocês fazem sexo!
    E cobra 70 € pela consulta, o que se repete por varias semanas: o casal marca um horário, faz sexo sem nenhum problema, paga ao médico e deixa o consultório. Finalmente o médico resolve perguntar:
    - Afinal, o que vocês estão a tentar descobrir?
    E o rapaz responde:
    - Nada, o problema é que ela é casada e eu não posso ir a casa dela. Eu também sou casado e ela não pode ir a minha casa. No Motel Tivoli, um quarto custa 120 €. No Motel Holliday Inn custa 100 €. Aqui, nós fazemos sexo por 70 €, temos acompanhamento médico, é passado um atestado, sou reembolsado em 42 € pela MÉDIS e ainda consigo uma restituição do IRS de 19,25 €.

    """"""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""

    Era uma vez uma aldeia onde viviam dois homens que tinham o mesmo nome:
    Joaquim Gonçalves.
    Um era sacerdote e o outro, taxista.
    Quis o destino que morressem no mesmo dia.
    Quando chegaram ao céu, São Pedro esperava-os.
    - O teu nome ?
    - Joaquim Gonçalves.
    - És o sacerdote ?
    - Não, o taxista.
    São Pedro consulta as suas notas e diz:
    - Bom, ganhaste o paraíso. Levas esta túnica com fios de ouro e este ceptro de platina com incrustações de rubis. Podes entrar.
    - O teu nome ?
    - Joaquim Gonçalves.
    - És o sacerdote ?
    - Sim, sou eu mesmo.
    - Muito bem, meu filho, ganhaste o paraíso. Levas esta bata de linho e este ceptro de ferro.
    O sacerdote diz:
    - Desculpe, mas deve haver engano. Eu sou o Joaquim Gonçalves, o sacerdote!
    - Sim, meu filho, ganhaste o paraíso. Levas esta bata de linho e...
    - Não pode ser! Eu conheço o outro senhor. Era taxista, vivia na minha aldeia e era um desastre! Subia os passeios, batia com o carro todos os dias, conduzia pessimamente e assustava as pessoas. Nunca mudou, apesar das multas e repreensões policiais. E quanto a mim, passei 75 anos pregando todos os domingos na paróquia. Como é que ele recebe a túnica com fios de ouro e eu... isto?!
    - Não é nenhum engano - diz São Pedro. Aqui no céu, estamos a fazer uma gestão mais profissional, como a que vocês fazem lá na Terra.
    - Não entendo!.
    - Eu explico. Agora orientamo-nos por objectivos.
    É assim: durante os últimos anos, cada vez que tu pregavas, as pessoas dormiam.
    E cada vez que ele conduzia o táxi, as pessoas começavam a rezar.
    Resultados! Percebeste? Gestão por Objectivos!

    Socorro! Socorro!

    Carta

    """"""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""

    Calma! Não me chamo Ortiz...

    segunda-feira, 13 de setembro de 2004

    Linha de comboio

    Dois bêbedos cambaleavam ao longo da linha de comboio:

    - Bolas, estas escadas nunca mais acabam!

    - Isso não é o pior. O que cansa mesmo é este corrimão baixinho!...

    Vitória de Setúbal - 2 Sporting - 0

    O Sporting começou o jogo muito mal... ou então dito de outra forma, o Vitória começou o jogo muito bem. Soube explorar muito bem o contra-ataque ou, dito de outra forma, o Sporting não conseguiu evitar o lançamento dos contra-ataques do Vitória, que foi criando várias oportunidades de golo... mas marcou? Não, não marcou!
    Ou por nabice dos avançados, ou por algum mérito do Ricardo e dos defesas, o resultado chegou ao intervalo a zero.

    Se nessa altura o Sporting estivesse a perder por 3 a 0... ou 3 a 1... eu diria que o resultado era justo.
    Estava satisfeito com o rendimento do Sporting?
    De maneira nenhuma!

    Mas... a verdade é que a segunda parte começou como tinha começado a primeira: empate a zero! E tudo podia ainda acontecer... inclusive a vitória do Vitória de Setúbal, obviamente!

    Por volta do minuto 50 o árbitro marcou uma grande penalidade contra o Sporting, que em 70/80/90% das vezes não é assinalado... e até dá direito a cartão amarelo para o avançado! Esta estatística é meramente indicativa de uma ideia que me ficou, depois de muitos anos a ver jogos de futebol.

    É penaltie? É, não é... é, não é... acredito que no fim do campeonato ainda estejamos a debater o assunto.

    O que eu sei é que, em lance idêntico, mas na área do Vitória, um empurrão ao Liedson, igual a milhares de outros, é certo, não foi assinalado... e eu confesso que fiquei sem perceber o critério do Olegário Benquerença. Liedson reclamou, viu o amarelo... o que até concordo que aconteça... mas se fosse assim em todos os jogos, o que também sabemos que nem sempre se verifica. Pelo menos em alguns resumos que vi este fim de semana... enfim...

    A perder por uma bola, o Sporting não conseguiu reagir como se impunha a um candidato ao título. Vi alguns remates, a bola andou a passear ali por perto da linha de golo, a bola até chegou a bater num poste... mas faltou eficácia e mais acutilância. O Vitória é que continuava a aliviar bolas e a lançar contra-ataques perigosos.
    O segundo golo apenas confirmou a vitória setubalense que já se adivinhava desde o minuto 51!

    SE... SE... por acaso o lance do Liedson fosse (bem) assinalado... o Sporting ainda teria uma chance de discutir o resultado. Assim... com as abébias que os jogadores deram, com o futebol incisivo do Vitória de Setúbal, com os erros do árbitro... resta-lhes trabalhar, fazer alguns acertos na equipa... e tentar vencer já o próximo jogo.

    Para terminar, gostaria de referir algo que começa já a ser "demais": em dois jogos, Paíto foi vítima de entradas muito duras, daquelas que podem mesmo arrumar um tipo. No jogo do Gil Vicente nem falta foi marcada ao Carlitos. Ontem... Manuel José (que pena em Coimbra nunca ter jogado tão bem como ontem jogou) viu o cartão amarelo, quando a cor certa era o vermelho. Assim, no próximo jogo, que nem sei com quem é, pode voltar a fazer o mesmo...
    E eu pergunto-me que justiça existe nisto: amarelo ao Liedson porque reclamou... amarelo para o Manuel José que podia ter partido o pé a um adversário!

    Enfim... algo vai mal. Se calhar falta no futebol um cartão azul (como existe noutras modalidades).

    Queria terminar dizendo que o Vitória não tem culpa nenhuma dos erros do Benquerença nem do Sporting... e que lutou pela vitória, o que é sempre de enaltecer.

    Sporting Sempre!

    Colocação dos professores

    Começo a ficar desesperado!

    Imagem de granada

    sexta-feira, 10 de setembro de 2004

    Mimi

    Corria uma aragem fresca e suave, balouçando as folhas e as ervas altas com um ritmo repousante...
    A pequena larva espreitou, ensonada, abrindo um olho a custo por causa da luz diáfana que rompia por entre as folhas.
    Respirou fundo, encolheu-se, voltou a respirar, suspirando, fechou os olhos e deixou-se embalar por aquele som que parecia vir de muito longe e que lhe acariciava o corpo com a ternura de mãos de mãe.
    «Como era bom ir lá abaixo e rebolar-me naquela erva fresca» - pensou.
    Mas um medo misterioso prendia-lhe o corpo quando pensava em descer ao mundo.
    Tudo era lindo e maravilhoso e cada coisa parecia ocupar o seu lugar, harmoniosamente. Tudo a convidava a tomar parte, a participar, a imiscuir-se naquele mundo espectacular de cores e cheiros... mas pensava que era demasiado frágil e feia para pertencer a um meio tão forte e bonito.
    Estava tão bem ali no seu cantinho, seguro e confortável!...
    - Mimi! Mimi!
    Um arrepio percorreu-lhe o corpo, despertando-a dos seus pensamentos monocórdicos.
    - Olá! Sou eu, o Nandito!
    Nandito era um gafanhoto que não parecia pertencer àquele mundo calmo e harmonioso. Era irrequieto e não parava um instante, saltando de flor em flor, enchendo os pulmões de vida, cor e cheiros como se no minuto a seguir não o pudesse fazer.
    - Olá, Nandito! Que fazes?
    - Que faço?!... Ora, que faço! Salto, brinco, vivo! Anda, vem comigo! O dia está demasiado bonito para que se desperdice fechado numa masmorra!
    Mimi sorriu a custo, pois na sua alma dividida, a luta entre o medo e o gosto pela vida era cruel e intensa.
    Nandito era um bom amigo, um bom companheiro, o único que a achava linda, que a incentivava a sair do seu casulo e a mergulhar naquele mundo multicolor onde o prazer parecia morar em cada pétala, em cada folha...
    Mas o que haveria por detrás de cada pedra, de cada caule?
    Será que aquela beleza que parecia interminável não escondia algo de mau e feio?
    Nandito falara-lhe, durante horas intermináveis, de tudo o que fazia parte daquele campo, de cada perigo possível, como os evitar, como lidar com eles, ensinara-lhe que a vida era algo que só podia viver uma vez e que perigo nenhum justificava o medo, o enclausuramento, a renúncia ao gozo.
    A dor do vazio, a abstenção do riso e a ausência de vida num rosto jovem e bonito é que eram os males terríveis a evitar.
    «Mas eu sou tão feia! Todos se vão rir de mim!»
    - Mimi! Anda, vem comigo! Vamos ao charco que fica junto das margaridas!
    - Vai tu, Nandito! Eu estou bem aqui, estou feliz só de poder ver tudo isto aqui do alto!
    - Mimi! Que dizes tu? Ver do alto? Ora, vem cá abaixo, vem participar, vem abrir-te ao mundo, vem ver os outros de perto, vem deixar que eles te toquem e gostem de ti! Vem, preciso de ti aqui, junto de mim! Vem fazer parte do «meu» mundo!
    - Não posso! Não consigo! Desculpa!...
    Nandito ficou a olhar, sentindo que não podia obrigá-la a sair do casulo. Já tinha feito tudo o que podia para a convencer que devia mudar de atitude.
    Gostava tanto dela, era tão bom quando desfrutava da sua companhia, sentia-se, até, um pouco desajeitado quando ela sorria e dizia que ele era o único e verdadeiro amigo que tinha!
    Tristonho, encolheu os ombros e começou a saltitar em direcção ao charco.
    Foram passando os dias, mas nada mudou na atitude de Mimi. A cada convite de Nandito seguia-se uma resposta negativa.
    Certo dia, em que o Sol estava quente e luminoso como nunca, Nandito resolveu tentar novamente arrancar Mimi do seu isolamento.
    - Mimi! Sou eu, o Nandito! Vem cá fora!
    Mimi espreitou, cautelosamente.
    - Olá! Vens comigo ao charco? Está um dia particularmente bonito!...
    - Sabes, estou um pouco tonta, hoje. Não passei bem a noite e...
    Nandito saltou para junto do casulo de Mimi.
    - Mas não te sentes bem? - perguntou, com ar preocupado.
    - Sim, mas... que foi? Que estás a ver?
    Nandito estava de boca aberta e olhos esbugalhados. Mimi estava deslumbrante, espantosamente bonita. Um milagre tinha acontecido: estava transformada numa linda borboleta, com umas asas felpudas e incrivelmente coloridas!
    Lentamente, Nandito recuperou do espanto em que mergulhara.
    - Vês?! Que te dizia eu? Tu és bonita, és a mais bonita borboleta de todo o prado!
    Mimi, igualmente surpreendida, ia tomando consciência da nova realidade.

    quarta-feira, 8 de setembro de 2004

    Portugal - 4 Estónia - 0

    Já se sabia que ia ser assim, mas nunca pensei que a Estónia conseguisse aguentar 75 minutos sem sofrer um golo!

    E digo-vos mais: senti muitas saudades do Rui Costa e do Figo... das suas arrancadas e fintas EM VELOCIDADE!...

    Deco, pese embora todo o seu valor, não me convenceu... e era ele que eu apostei que saía ao intervalo, em vez do Maniche (que também não esteve muito bem, diga-se). Perdi! Fez um centro para golo... o que deve ser suficiente para a imprensa o declarar como o melhor em campo (pese embora a lentidão, as perdas de bola, as escorregadelas, os centros mal executados... etc.). Apostei... amanhã verei se perdi ou não.
    (só se o Cristiano Ronaldo me "lixar"... lol)

    Critiano Ronaldo confirma-se como o jogador mais desiquilibrador desta selecção. E está tudo dito!

    Ricardo esteve um pouco inseguro, mas na jogada em que Costinha, com grande sentido táctico, safou o golo... o GR sofreu uma pancada na cara do avançado da Estónia. Na jogada em que a bola bateu no poste, esta tinha sido desviada por um toque fortuito do Ricardo Carvalho e depois da estirada... sentado no chão... Ricardo não podia fazer muito melhor do que fez... e ainda evitou o golo num segundo momento. Mas já li (e comentei durante do jogo - mesmo não tendo sofrido nenhum golo) que ia ser o "bode expiatório"... como Gabriel Alves começou logo o "enterro" (antes de baixar o som da TV).

    Rui Jorge
    deve anunciar em breve a sua despedida da Selecção... no que deve ser seguido do Simão e do Boa Morte (estou a gozar, claro... :P)!

    Postiga esteve muito bem... o futuro passa por ele (...e pelo Hugo Almeida)! Mas Pauleta ainda tem uma palavra importante a dizer, mas precisa de ficar um pouco mais em forma. Mas marcou outro golo... e melhorou outra vez a média! :)

    Não vou falar dos outros. Uns melhores, outros menos bem... ajudaram Portugal a conseguir uma vitória sofrida, mas robusta!

    Dois jogos, duas vitórias, 6 pontos...

    Viva Portugal!

    Pediatra

    Dia de pediatra... mais 45 Euros que voam do bolso!
    Vá lá, é mais barato do que ir ao dentista... hehehe!

    Mas não me estou a queixar: este é dinheiro bem gasto!
    Há óptimos pediatras em Coimbra.
    Na Guarda, ainda há pouco tempo, os filhos dos meus amigos (e o meu sobrinho) e todas as outras crianças tinham de se deslocar a... Viseu!

    Alô, pessoal da Guarda: como está agora esse "panorama"?

    terça-feira, 7 de setembro de 2004

    Pedro Miguel Ramos

    Um dia está nas capas das revistas por causa do Big Brother!

    Noutro dia por causa da abertura dum bar!...

    Tempos depois... por causa dum casamento!

    Amanhã por motivos muito duros e difíceis de suportar!

    Os meus pêsames, Pedro!


    PS. Já os vi a todos com as máquinas fotográficas a postos!

    A centopeia

    Um fulano vivia sozinho até que decidiu que a sua vida seria melhor se tivesse um animalzinho de estimação como companhia.
    Assim, foi a uma loja de animais e disse ao dono da loja que queria um bichinho que fosse incomum. Depois de algum tempo de discussão, chegaram à conclusão que ele deveria ficar com uma centopeia.
    Centopeia seria mesmo um bichinho de estimação incomum... Um bichinho tão pequeno, com 100 pés... é realmente incomum!!!
    A centopeia veio dentro de uma caixinha branca, para ser usada como casinha. Bom... ele levou a caixinha para casa, arranjou um bom lugar para colocar tão pequenina casinha, e achou que o melhor começo para a sua nova companhia seria levá-la a tomar uma cervejinha!...
    Assim, perguntou à centopeia, que estava dentro da caixinha:
    - Gostavas de ir comigo ao bar tomar uma cerveja?
    Não houve resposta da sua nova amiguinha.
    Meio aborrecido com isso, ele esperou um pouco e perguntou de novo:
    - Que tal ires comigo ao bar tomar uma cervejinha, hein?
    De novo, nada de resposta da nova amiguinha.
    Ele esperou mais um pouco, pensando e pensando sobre o que estava a acontecer... e decidiu perguntar de novo. Mas desta vez, chegou bem perto da caixinha e gritou:
    - EI, Ó SURDA!!! QUERES IR OU NÃO COMIGO AO BAR TOMAR UMA CERVEJA?
    Uma vozinha veio lá de dentro da caixinha:
    - Fónix!!! Ouvi à primeira! Estou a calçar os sapatos!!!

    NB. Recebido por e-mail

    ******************************************************************

    Esta anedota só me faz lembrar o Ministério da Educação!
    Por que será?!

    segunda-feira, 6 de setembro de 2004

    Um pouco do mundo

    Hoje o Afonso criou um blog:

    Um pouco do mundo...

    Do mundo... dele e dos outros, da forma como o vê com os seus olhos de adolescente, como o vê da sela do "seu" cavalo... da sua cadeira da sala de aulas... ou do sofá da sala... umas vezes "a trote" e outras "a galope"! :)

    Talvez um outro olhar, como diria o Miguel!

    O Afonso quer também que o mundo chegue até ele, quer ouvir outras palavras, mais avisadas ou temerosas, mais irónicas ou sérias, mais simples ou complicadas...

    Não queremos todos?

    Vamos visitá-lo! :)

    domingo, 5 de setembro de 2004

    Letónia - 0 Portugal - 2

    Portugal começou bem a fase de qualificação para o Mundial 2006, vencendo a Letónia.
    Para a história fica o registo da ficha de jogo (surripiada ao jornal "O Jogo"):

    ********************************

    Estádio Skonto, em Riga (Letónia) | Relvado: bom estado | Espectadores: 8 mil | Árbitro: Graham Poll (Inglaterra) | Assistentes: Philip Sharp e Antony Green (Inglaterra) | 4º árbitro: Andrew D'Urso (Inglaterra)

    GOLOS:
    [0-1] Cristiano Ronaldo 58'
    [0-2] Pauleta 59'

    LETÓNIA:

    1 Kolinko GR
    7 Isakovs LD
    4 Zemlinskis DC
    2 Stepanovs DC
    5 Laizans LE
    6 Lobanovs MD
    3 Astafjevs MD
    8 Bleidelis AD
    10 Rubins AE
    11 Prohorenkovs AV 75'
    9 Verpakovskis AV

    TREINADOR: Aleksandrs Starkovs

    12 Piedels GR
    13 Korabovs DC
    16 Zirnis DC
    15 Semjonovs MD
    17 Kolesnicenko MO
    18 Miholaps AD
    14 Rimkus AV 75'

    Amarelos: 47' Laizins; 57' Zemlinskis; 60' Prohorenkovs.
    Vermelhos: 60' Aleksandr Starkovs.

    PORTUGAL:

    1 Ricardo GR
    2 Paulo Ferreira LD
    16 Ricardo Carvalho DC
    4 Jorge Andrade DC
    14 Nuno Valente DE 72'
    6 Costinha MD
    18 Maniche MO
    20 Deco MO
    17 Cristiano Ronaldo AD 81'
    11 Simão AE 67'
    9 Pauleta AV

    Treinador: Luiz Felipe Scolari

    12 Quim GR
    13 Miguel LD
    15 Caneira DC 72'
    8 Petit MD 81'
    19 Tiago MO
    25 Boa Morte AE 67'
    23 Hélder Postiga AV

    Amarelos: 11' Costinha

    ****************************

    Este foi o primeiro jogo de Portugal após o Euro 2004... e sem Figo e Rui Costa.
    De realçar que Pauleta regressou aos golos (tem agora 31, tantos quantos tem Figo), após centro de Cristiano Ronaldo (que tinha marcado o primeiro 1 minuto antes), provavelmente inspirados pela "invasão de campo" protagonizada por uma jovem letã!...
    Pauleta pagou, assim, a "dívida" que dizia ter para com o povo português! Bravo, capitão!

    sexta-feira, 3 de setembro de 2004

    Colocação dos professores

    A entrega (obrigatoriamente online) dos boletins onde os professores devem manifestar as suas preferências de colocação viu o seu prazo ser alargado até dia 7!...
    Será suficiente? Se calhar não... mas isto sou eu a ser pessimista!

    Será esta decisão o cabal e completo reconhecimento que este Concurso é, desde o início, um caos, um enorme fracasso?...

    Ou é uma cedência aos professores que não percebem nada de informática, não sabem concorrer e só sabem reclamar?!

    Alguém ouviu a explicação "política" desta decisão?

    Eu acho que nem quero ouvir... e vou mas é tentar pela milésima vez aceder ao site da DGRHE, mas desconfio que deve estar mais "down" que o Titanic!

    quinta-feira, 2 de setembro de 2004

    Paris Hilton

    Conhecem esta mocinha?



    Pois esta mocinha, mais rica que eu e os meus vizinhos todos juntos (hehehe), para além de ter andado no "truca-truca" e agora toda a gente poder ver essas imagens que circulam na Internet, foi fotografada nestes "preparos", supostamente após a sua casa ter sido assaltada.

    Mas, caraças, agora pergunto eu:

    os ladrões roubaram os sutiãs, foi?

    Académica: plantel 2004-2005


    A equipa B foi extinta e alguns jogadores transitaram para a equipa A.

  • Guarda-redes:

  • 1-Pedro Gomes (ex-júnior)
  • 12-Dani (espanhol, ex-Naval)
  • 24-Pedro Roma

  • Defesas:

  • 27-Nuno Luís
  • 2-Bruno Leite (defesa direito, brasileiro, ex-Mogi Mirim/Vasco da Gama)
  • 13-José Castro
  • 3-Danilo Ferraro (defesa central, brasileiro, ex-Coritiba)
  • 4-Vasco Faísca (defesa central, português, ex-Vicenza)
  • 11-José António
  • 14-Raul Oliveira
  • 5-Pedro Henriques

  • Médios:

  • 20-Tixier
  • 6-Rodolfo
  • 26-William Soares (médio-defensivo, brasileiro, ex-S. José de Portalegre)
  • 8-Rafael Gaúcho (médio esquerdo, brasileiro, ex-Juventude Caxias)
  • 10-Ricardo Fernandes (médio, português, ex-F.C.Porto)
  • 7-Luciano (médio, brasileiro, ex-Juventude de Caxias)
  • 19-Paulo Adriano
  • 23-Dionattan
  • 28-Nuno Piloto (ex-Académica B)
  • 21-Fredy
  • Clément Beaud (trinco, camaronês, ex-FK Vetra da Lituânia) - não inscrito

  • Avançados:

  • 9-Joeano
  • 25-Delmer
  • 22-Sarmento (ex-Académica B)
  • 85-Dario (ex-Al Jazira - Dubai)
  • 37-Kenny Cooper (EUA, emp. Manchester United)


    ***************

    Lembro que saíram da Briosa os seguintes jogadores:

  • Eduardo (GR, Sp. Pombal)
  • Zuela (Santa Clara)
  • Tó Sá (Sp. Pombal)
  • Lucas (Boavista)
  • Tonel (Marítimo)
  • Dyduch (Dragões Sandinenses)
  • Marinescu (Chaves)
  • Kaká (Albacete)
  • Flávio Dias (???)
  • Alexandre Fávaro (Coritiba)
  • Filipe Alvim (Corinthians)
  • Fábio Felício (União de Leiria)
  • Marcelo (???)
  • Paulo Sérgio (regressou ao SCP)

    ROCHA terminou a carreira como jogador, mas permanece na Briosa como fisioterapeuta.

    BRIOOOOOOOOOOOOOOOOOOOSA!
  • quarta-feira, 1 de setembro de 2004

    Raquel na creche

    Hoje foi o primeiro dia da Raquel na creche!
    Depois de 15 meses no aconchego de casa e da família, eis que a minha filhota foi enfrentar uma nova aventura.

    Ela ia descontraída, pois era só mais uma saída de casa, com certeza igual a tantas outras - terá pensado a cachopa! Nós é que íamos "com o coração nas mãos", sem saber muito bem como iria ela reagir ao convívio com as outras crianças (em grande grupo, entenda-se).



    E, já agora, como é que nós iríamos reagir às suas reacções... e ao facto de, pela primeira vez, a deixarmos ao encargo "de estranhos"!

    Depois de uma curta recepção, foi logo para o meio das outras crianças, entusiasmada com os muitos brinquedos que viu espalhados pelo chão.
    Ao colo da funcionária, uma menina, que também ia pela primeira vez, chorava desconsoladamente, mas a Raquel nem parece ter-se deixado impressionar por esse facto.
    Saímos sorrateiramente...

    Depois de umas horas fomos buscá-la... e mal entrámos, uma das funcionárias inundou-nos de elogios: que ela é uma simpatia... que só esteve um pouco tímida no início... que passou o tempo a tagarelar... que brincou com as outras crianças... que nunca chorou... que comeu bem e dormiu... que foi muito firme na defesa dum brinquedo que outra menina lhe quis tirar!...

    O meu sorriso devia ir "de orelha- a-orelha" (pois, exactamente... um daqueles sorrisos de parvo, claro). Senti-me muito orgulhoso, vaidoso, aliviado!...

    Feliz!...

    *******************************************

    E a propósito disso:

    Há dias um amigo fez-me pensar muito, quando a certa altura me disse:
    «feliz és tu... pois estás aí com a tua filha».

    É verdade, C., sou feliz... porque tenho uma filha que é um espectáculo e tenho a grande alegria de poder estar com ela diariamente!
    Tu tens um filho que é um espectáculo... mas estás longe dele!
    Mas desejo e acredito que vais conseguir viver e partilhar o mesmo que eu vivi hoje: o primeiro dia de escola do teu filho... ao lado dele. Com ele!

    Ana Paula, a colega da Sandra

    Há dias escrevi sobre a Sandra Pires... uma das voleibolistas de praia do Brasil presentes nos Jogos Olímpicos de Atenas.
    (Relembro que ela não é minha prima... nem minha amiga!)

    Mas alguém já me fez notar - e muito bem! - que não era justo não mostrar a sua colega, a Ana Paula, de um "outro ângulo", até porque ela é que tinha sido considerada (será que houve uma votação entre os jornalistas?) a "dona do bumbum" mais... "interessante"!

    Por via das dúvidas e porque o Mais do mesmo gosta que sejam os leitores a tirar as suas próprias conclusões, aqui deixo mais uma foto à vossa consideração!



    Nota: não me perguntem o que é que isto tem a ver com o voleibol de praia... que eu também não sei! :P

    Dia D... de dentista!

    Fui ao dentista!
    Melhor: à dentista!

    Não tinha nenhuma cárie (por tratar), ela disse que os meus dentes eram formidáveis, que estavam bem "implantados" (e que quem tirou os que me faltam devia ter suado - e é verdade!...), mas precisei de fazer uma destartarização (é assim que se diz?) e um polimento.

    Os meus dentinhos ficaram branquinhos!...
    E não custou nada!



    Ou melhor: custou... 60 €!

    Porra!...
    E depois admiram-se que os portugueses prefiram andar com os dentes estragados!...

    Para quando dentistas nos hospitais... e integrados no Sistema Nacional de Saúde?

    Volte sempre!
     
    AGRADECEMOS A SUA PASSAGEM POR ESTE BLOGUE! COMENTE...