Mais do mesmo

Mais do mesmo... mesmo do que é demais! Há 13 anos... VOLTAREI A ESCREVER EM BREVE... maisdomesmo.np@gmail.com

sábado, 28 de junho de 2008

Esforço titânico, missão cumprida

Ontem ocorreu a reunião de Conselhos de Docentes para se proceder à avaliação dos alunos.

Dormi apenas quatro horas, mas consegui terminar e imprimir cinco relatórios dos alunos com NEE (cada um com 3 páginas), um relatório da turma (mais 3 páginas), dois relatórios de alunos com Plano de Acompanhamento (1 página cada um), dois relatórios de alunos com Plano de Recuperação (1 página cada um) e ainda preenchi um relatório-síntese sobre o aproveitamento da turma e uma folha de auto-avaliação do PCT...

Se calhar ainda me falta citar mais alguma coisa... mas acho que isto dá bem a dimensão do esforço que me (nos) foi exigido. E ainda dizem que "os professores não fazem nada"! :)

O problema é que para conseguir terminar todo este trabalho, só tomei a medicação da noite quando já eram 2:30 h, pois se fosse mais cedo ia adormecer em cima do teclado. Como já disse, dormi apenas quatro horas... tomei a medicação da manhã... fui levar a minha filha à "escolinha" dela e depois lá me fiz ao caminho (30 quilómetros), para ir participar na dita reunião. Bem... por causa da proximidade das duas tomas da medicação, senti-me muito mal... e voltei a arrepender-me por não ter continuado de "baixa".

A reunião terminou por volta das 16 horas... e 15 minutos depois ocorreu uma outra reunião de um grupo de trabalho, do qual faço parte e onde era suposto fazer-se a avaliação do trabalho do ano de um projecto específico... e onde se pediam já ideias para o próximo ano lectivo.

Não percebi a pressa da sua realização, não percebi como é que os elementos do grupo podiam fazer um trabalho sério de avaliação e propostas sem consultarem as escolas e os núcleos que representam... e menos percebi a pertinência da dita reunião, quando já estão marcadas, desde o início do ano, duas reuniões (uma de Núcleo para o dia 8 de Julho e outra do Conselho de Docentes para o dia 10), para - aí sim - ser feito o tal "balanço do ano".

Apresentei estes e outros argumentos à pessoa responsável pela tal convocatória... mas tudo se manteve igual.

Obviamente (também porque já estava extremamente cansado) faltei à reunião... por acaso uma reunião de um grupo de trabalho que é um dos responsáveis por o meu horário semanal exceder as 35 horas legais. Será justo ter de "gastar" duas horas ao abrigo do art.º 94.º, quando não nos pagam uma única hora (extraordinária) que excede o nosso horário?

[ironic mode] O mais interessante [/ironic mode] é que também foi marcado um Conselho Pedagógico para o dia 1 de Julho (atenção, eu não faço parte dele, mas não deixo de ter direito a "pensar nas coisas" por esse facto), com uma ordem de trabalhos que englobava a avaliação de quase tudo o que foi feito durante o ano e a preparação já do próximo: avaliação do PAA, avaliação de outros projectos, análise dos resultados dos alunos, análise dos Planos de Recuperação e Acompanhamento, análise dos resultados das Provas de Aferição, apresentação dos alunos que irão receber Apoio no próximo ano, constituição de turmas... etc... etc...

Qual a pressa? Como seria possível fazer tudo isso ainda mesmo antes da entrega dos registos de avaliação aos pais? Que tempo era dado à coordenadora do CD para fazer todo esse trabalho (recordo que isso irá ela fazer na tal reunião do CD no dia 10 de Julho) e aos outros conselheiros que tinham avaliações para apresentarem?

Eu não percebia nem percebo, mas se calhar é por causa do meu estado de saúde. Mas verifiquei que mais gente não percebeu... e presumo que tenham reclamado, já que a reunião, embora se mantivesse, viu a sua ordem de trabalhos reduzida a apenas três ou quatro pontos! E a tal ordem de trabalhos que estava inicialmente prevista passou para uma reunião a ter lugar lá mais para o meio do mês! Aliás, como sempre vi acontecer ao longo da minha carreira...

Ufff... estou cansado! É que pensar também dá trabalho... :)

Etiquetas: ,

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Já me arrependi

Quando regressei ao serviço, era óbvio que ainda não estava a 100%. Ninguém cura uma depressão em 28 dias, pois não?

A minha capacidade de trabalho está "em baixo" e a capacidade de concentração nem se fala. Enfim... acho que ficaram óbvios os motivos do meu regresso.

O que eu esperava era ter a ajuda da colega que me substituiu, já que foi ela que acompanhou os "meus" alunos nas últimas actividades previstas no PAA e foi ela que aplicou e corrigiu as últimas fichas de avaliação, que eu mesmo tinha elaborado. Pelo menos queria discutir com ela os critérios de correcção que usou, queria conhecer melhor que conclusões tirou sobre o comportamento de cada um dos alunos, queria saber que avaliação fazia das actividades em que ainda participou com a turma... entre outras coisas.

A verdade é que essa ajuda não aconteceu... e soube que ela me tinha sido negada quando ia já a caminho de casa, onde ia buscar a minha esposa para me acompanhar a uma consulta, onde a sua presença tinha sido requerida pelo médico.

Preciso de vos contar em pormenor os sentimentos que me invadiram a alma?

Apenas vos digo que me arrependi profundamente de me ter apresentado ao serviço, pois senti que em 3 dias tinha perdido muito do que já recuperara!

Mas novamente contrariando a vontade do médico... amanhã vou trabalhar!

Etiquetas:

segunda-feira, 23 de junho de 2008

De novo ao serviço

Hoje apresentei-me de novo ao serviço, contrariando as ordens do médico.

E porquê?

Porque queria despedir-me dos meus alunos... e porque, para não complicar a vida a ninguém, nem à colega que me substituiu, nem ao Conselho de Docentes, nem ao Conselho Pedagógico, nem ao Conselho Executivo, resolvi que tinha de ser eu a fazer a avaliação e todos os relatórios que agora eram necessários.

Gostei da recepção que tive, por parte dos elementos "da minha escola"! Obrigado a todos! Fiquei deveras emocionado!

Etiquetas:

domingo, 15 de junho de 2008

Referendar até que a voz vos doa!

A notícia li-a no "Correio da Manhã":

«14 Junho 2008 - 11h40

Para resolver impasse criado com chumbo ao Tratado

Irlanda deve encontrar solução


O Presidente da República, Cavaco Silva, defendeu este sábado que deverá ser o Governo irlandês a encontrar “uma solução” para ultrapassar o problema criado pelo chumbo ao Tratado de Lisboa no referendo de quinta-feira.

“O Governo irlandês tem que propor uma solução para ultrapassar esta dificuldade, que seja aceite pelos outros 26 estados-membros. O Tratado de Lisboa é demasiado importante para a Europa e para os seus cidadãos para que possa ser colocado na gaveta”, afirmou o Chefe de Estado português, à margem da inauguração do pavilhão de Portugal na Expo 2008, em Saragoça, Espanha.

A Irlanda, obrigada pela Constituição a referendar o tratado europeu, chumbou o documento com 53,4 por cento dos votos. Dos 27 Estados membros da União Europeia (UE), 18 já ratificaram o Tratado, por via parlamentar, faltando apenas oito.

Apesar da passo atrás dado pelos irlandeses, Cavaco Silva espera que o problema seja resolvido na próxima quinta-feira, após a reunião do Conselho Europeu, e que permitirá à UE “ir para a frente” e abandonar “esta situação de impasse”.

O Presidente da República defendeu ainda que os Tratados internacionais nunca deviam ser sujeitos a referendo, pois muitas vezes a votação reflecte problemas internos.»


E comentei assim:

14 Junho 2008 - 16h39

Sr. Presidente: eu até diria que nem devia haver eleições para o Parlamento Europeu. Deviam ficar eternamente os que lá estão agora. É um aborrecimento darem a voz ao povo... a democracia é aborrecida... as eleições podem reflectir os problemas internos. E até se devia propor a expulsão da Irlanda da União Europeia. Enfim...


Entretanto, vão circulando notícias de que os restantes países da União Europeia vão "forçar" a Irlanda a fazer novo referendo, talvez com alguns ajustes no texto do Tratado, bem como algumas cedências específicas.

Nos últimos tempos não tenho seguido, de forma contínua, nenhuma novela brasileira ou portuguesa. Mas "esta" sou bem capaz de ir acompanhando... parece-me que vai ser divertida! :)

Etiquetas: , ,

sexta-feira, 13 de junho de 2008

A Democracia é muito curiosa

"A Irlanda rejeitou quinta-feira em referendo o Tratado Reformador da União Europeia com 53,4 por cento de votos contra e 46,6 por cento de votos a favor, segundo os resultados totais oficiais anunciados hoje."


José Sócrates tinha prometido referendar estas matérias... e não cumpriu, dizendo que este Tratado Reformador já não era bem o documento anterior, a Constituição Europeia, que - esse sim - tinha sido objecto da tal promessa. Pois... e a gente até finge acreditar que, em termos práticos, não vá dar tudo ao mesmo!

O que eu acho curioso é que no único país em que foi dada a oportunidade directa ao povo para decidir... o "NÃO" venceu. "Que chatice, pá" - deve estar Sócrates farto de repetir!...

A verdade é que, para mim, fica provado que a ratificação por via parlamentar que todos os políticos, burocratas e tecnocratas nacionais e europeus fizeram questão que fosse a via usada era apenas um "truque" e uma "finta" à "voz do povo" - a verdadeira Democracia. É a prova do medo e da desconfiança que as "elites" têm em relação ao "povo". "Lixaram-se" - diz agora o "Zé", entre gargalhadas.

E este resultado acaba também por ser a prova que os eleitores sentem que a "Europa" é algo muito distante das pessoas, já que os políticos têm achado que não vale a pena explicar "aos parolos" - porque é demasiado complicado e uma perda de tempo - as vantagens do "SIM" e, no fundo, o verdadeiro significado e quais as consequências práticas, para a vida do cidadãos, desse tal "Tratado Reformador"! Ou doutro parecido...

E os irlandeses - o único povo que deixaram "falar" e que agora mais fiquei a admirar - deram uma tremenda lição a todos esses políticos que, assim que têm nas mãos o poder, o passam a exercer como se de uma "ditadura" se tratasse. Pelo menos quando existem maiorias absolutas... como é o caso em Portugal!

É bom que José Sócrates sinta este resultado como "uma derrota pessoal", como ele mesmo fez questão de dizer, com uma expressão facial e uma voz iguais aos de milhares de portugueses que estão a passar necessidades e que diariamente se queixam... que vão para as ruas manifestar-se e que o Governo tem "desvalorizado".

Eu espero bem que a esta primeira derrota de Sócrates, infligida pelos irlandeses, se sigam outras, mas desta vez às mãos dos próprios portugueses... da "raça portuguesa", para parafrasear o Presidente da República, que não tem feito outra coisa senão pactuar com Sócrates!

Etiquetas: , , , , , ,

sexta-feira, 6 de junho de 2008

Certificação de refeitórios escolares


(clicar no artigo para aumentar)

Sim, é verdade: os refeitórios são todos certificados e o da minha escola é um deles. Devo dizer, a bem da verdade, que a cozinheira é "das melhores do mundo" e uma das principais responsáveis por algum peso que ganhei (e que agora estou a perder... enfim...). :)

Sim, é verdade... a entrega dos prémios será na minha escola, pois fomos nós (EB1 e JI) que vencemos o concurso, tendo, para o efeito, recolhido perto de 750 litros de óleos usados. Segundo me foi dito por técnicas da AREAC (www.areac.pt), que fizeram os cálculos baseando-se em 650 litros, conseguem-se produzir 618 litros de biodiesel e poupar 1360 litros de petróleo bruto.

A única coisa que não é verdadeira na notícia é já na parte final, quando se diz "[...] que premeia a recolha de óleos de fritar usados nas Escolas Básicas [...]". Acontece que a recolha foi feita em toda a comunidade, ou seja, os professores, funcionárias, alunos e pais e encarregados de educação envolveram-se nessa recolha, trazendo os óleos de fritar usados em suas casas. Claro, eu também contribuí com, pelo menos, cinco litros... :)

Já telefonei para a Redacção do Jornal e já fiz o "reparo", o que me pareceu ser da mais elementar justiça para quem se envolveu no projecto (nomeadamente os pais e encarregados de educação).

Infelizmente... não vou poder estar presente na cerimónia, mas sei que o meu esforço e empenho não serão esquecidos.

Mas eu também digo muitas vezes, a quem me rodeia, que "trabalho para dentro, não para fora", ou seja, não sou nada dado ao "show off"! Por mim, dispensava a cerimónia e recebia o prémio (creio que cerca de 500 €, convertidos em livros que nos deram a possibilidade de escolher) sem discursos e "alaridos", embora reconheça que, neste caso, se justifica pelo envolvimento da comunidade e pela "publicidade" feita à entidade promotora, que merece essa retribuição. :)

Etiquetas: , , , , ,

quinta-feira, 5 de junho de 2008

42



Mais um degrau... a caminho do fim "da escada"... que ninguém sabe quantos "degraus" tem!

O que me parece ser uma certeza - cada vez maior! - é que, mesmo ainda tendo oportunidade de subir mais alguns, já não me restarão tantos quantos os que já subi!

Agora apenas tenho de encontrar mais força e sentido para a subida... para não me sentar e deixar ficar no degrau em que me encontro "por tempo indeterminado"!...

Etiquetas: ,

quarta-feira, 4 de junho de 2008

O cão é o melhor amigo do homem

Se não acreditas que o cão é o melhor amigo do homem, faz a seguinte experiência :

tranca o teu cachorro e a tua esposa no porta-bagagens do carro por uma hora. Passado esse tempo, abre a mala.

E agora pergunto:

quem fica realmente feliz em te ver? :)

(recebido por e-mail)

Etiquetas:

segunda-feira, 2 de junho de 2008

1, 2 ou 3 quilos?

Não sei ao certo que peso já perdi nas últimas duas semanas, o que parece ser um facto que preocupa a minha "cara metade" e alguns amigos com quem estive nos últimos dias!

Em alguns posts anteriores falava eu de "t-shirts" que já não tinham espaço para mais "rótulos"... mas isso, como é óbvio, referia-se a questões laborais... e, dentro da metáfora, chegava-se rapidamente à conclusão que alguém pensa que eu devia usar o tamanho "XXL"!

Mas agora há que ver o lado bom da questão da tal perda de peso: é que tendo no horizonte as políticas deste Governo ex-PS, a crise económica que nos assola a todos e a perda real de poder de compra, fui ao guarda-fatos e consegui vestir aquela roupa tamanho "S" que eu já tinha arrumado, pensava eu que de vez! Sempre se evita uma ida às compras... e isso é algo positivo! :)

Mas a verdade é que também já nem sei muito bem que tamanho devia pedir... se o "S" se o "XXL"! Mas é melhor eu não repetir muito esta ideia, pois alguém ainda se lembra de pensar que isto é a sério... que já não distingo o real do simbólico... e trata de me internar em Sobral Cid! :)

Etiquetas: , ,

domingo, 1 de junho de 2008

Dia Mundial da Criança

Hoje o tempo está, como se costuma dizer, "cinzento" e a ameaçar chuva.

A minha filhota acaba de me dizer:

- Não quero que chova no Dia da Criança!

Ajudem-me, por favor: a quem devo remeter esta queixa da pequenita? :)

PS. Desejo um feliz dia a todas as crianças, principalmente aos meus sobrinhos de sangue e aos outros "sobrinhos" (os filhos dos meus amigos) e aos meus alunos, que fui "obrigado" a abandonar neste período tão sensível e importante das suas vidas!

Etiquetas: , , ,


 
AJUDE-ME, CLICANDO NOS BANNERS!... OBRIGADO! AGRADEÇO A SUA PASSAGEM POR ESTE BLOGUE! COMENTE...